ERRO 404

Um pouco de tudo

Category: Uncategorized

Educa Mais Brasil uma alternativa ao financiamento estudantil

Para aquelas pessoas que estão interessadas em continuar a sua vida acadêmica, existem diversos programas que dão benefícios vantajosos para aquela pessoa que não tem condições de arcar com os valores integrais das instituições de ensino.

Educa Mais

Educa Mais

Você por acaso já ouviu falar no programa educa mais Brasil?

O programa Educa mais Brasil é um dos maiores programas de Bolsa de Estudo, que ofertam bolsas de estudo e vagas para diversas instituições de ensino, o programa Educa mais Brasil oferece bolsas de estudo de 0 a 70% tanto em cursos de graduação, pós-graduação, curso de nível técnico, cursos profissionais voltados ao mercado de trabalho profissional.

Ou seja, o programa oferta bolsas de estudo para diversas modalidades da educação, você também pode aproveitar as bolsas de ensino fundamental e superior, cursos de idiomas e ainda também o vestibular que lhe prepara para tentar uma oportunidade em uma faculdade pública ou particular na modalidade de bolsista.

Conheça um pouco mais do programa…

O programa Educa Mais Brasil é um parceiro de diversas escolas, instituições e universidades de todo o mundo, que facilita e garante o acesso de diversas classes sociais a educação.

Você não estar tão longe da sua oportunidade profissional…

Como se inscrever no programa de educação profissional, educa mais Brasil?

As inscrições no programa podem ser realizadas no ano inteiro através do portal, o processo é bem rápido, é em poucos minutos é possível que você garanta a sua bolsa de estudos, ao entrar no portal oficial você deve escolhe o ensino que desejar consultar, informe a instituição desejada, informe logo em seguida o curso ou a cidade.  Após preenche todas as informações solicitadas ira aparecer em sua tela, o curso desejado, o percentual de desconto, valor da mensalidade o turno e o polo que o curso estar disponível.

Enquanto as bolsas de estudo distribuídas no programa…

O objetivo do educa mais Brasil é oferecer hoje bolsa de até 70% de desconto em diversos cursos e tipos de educação, isso é muito positivo e facilita as pessoas que desejam estudar mais não conseguem arcar com o valor integral oferecido no curso desejado em relação à mensalidade, o único ponto de atenção é em relação ao percentual de cada curso. Nem todos os cursos ofertam bolsas de 70%, isso varia muito grande maioria é de 40% a 50%, por isso é necessário fica atento em todas as informações do programa para que consiga arcar com o

Você sabe quem tem direito ao Bolsa Família?

Seja você também um cidadão beneficiado com o bolsa família. O Bolsa Família é um programa de assistência social, criado no Governo Lula e ampliado pela Presidenta Dilma, que ajuda milhares de famílias a se sustentarem. Ele é importante para diminuir a desigualdade de classes ainda existente no Brasil.

Só para se ter uma ideia de números, o programa do Bolsa Família será pago a mais de 14 milhões de famílias no ano de 2018 e o valor pago a cada beneficiário é de 80 reais por cada filho que a família tiver, lembrando que o limite é por cinco filhos por família.

Consulta benefício pelo celular

Consulta benefício pelo celular

Por isso, esse texto vai dar todas as informações sobre o programa Bolsa Família, para que quem precise acompanhar, saiba sempre quando o benefício vai cair e assim, fique bem informado sobre as obrigações a serem cumpridas, para conseguir receber o Bolsa Família.

Quem tem direito

Tem direito a esse benefício social as famílias que tenham uma Renda até R$ 77 por pessoa. De 77 reais até 154, as famílias têm direito, mas, tem que ter em sua composição gestantes, ou crianças e adolescentes com idade entre zero e 16 anos incompletos.

Além disso, é necessário ter Cadastro no Cadastro Único dos Programas Sociais do ​Governo Federal, ter a caderneta de vacina em dia e garantir a presença dos filhos na escola.

Veja quais as necessidades para ter o bolsa família

Esse é um aspecto interessante e o Governo vem fazendo cada vez mais forca para cumpri-lo, as crianças tem que estudar para a família ter direito ao bolsa familia 2018 e as próprias escolas fazem esse controle e repassam para a assistência social.

Caso uma família não tenha as crianças indo para a escola corretamente, o benefício é cortado por um mês, até a criança voltar a frequentar as aulas. Isso evita o trabalho infantil e dá uma esperança de futuro melhor para as futuras gerações brasileiras e acaba sendo uns dos aspectos mais importantes dessa ação governamental.

Caixa

Quem organiza e financia os pagamentos do Programa Bolsa Família é a Caixa Econômica Federal, com uma renda já reservada especifica para esse benefício.

A caixa é uma patrocinadora do bolsa família. É sempre importante lembrar que a divisão da entrega do dinheiro pelo calendário Bolsa Família em 2018, feita pela Caixa Econômica Federal é para organizar melhor o pagamento, pois, nenhuma agência aguentaria receber todos os beneficiários de uma vez só, iria ser um caos.

Por isso, de acordo com o seu número Pis, impresso atrás do seu cartão, você vai ter o dia certo para resgatar o dinheiro e poder usá-lo em suas obrigações cotidianas.

Dicas para você que quer sacar o PIS

Por causa da atual crise econômica que o Brasil enfrenta atualmente, existe uma necessidade cada vez maior de se conseguir qualquer dinheiro extra, para pagar as contas e manter as multas e juros longe de qualquer orçamento financeiro familiar.

Por conta disso, existe um número maior de pessoas querendo conseguir sacar o seu Programa de Integração Social (PIS 2018), que é um dinheiro dado pelo Governo Federal para os trabalhadores que estejam a pelo menos dois anos em uma empresa, que paguem seus impostos corretamente e tenham uma renda de no máximo dois mil reais mensais.

Tabela do PIS 2018

Tabela do PIS 2018

Para sacar esse benefício e manter esse orçamento sempre em ordem é importante cumprir uma série de requisitos, apresentar a documentação certa e também ficar atento nas datas do calendário do PIS, para não perder a sua oportunidade de ter esse dinheiro em mãos.

Separar todos os documentos necessários para sacar esse benefício

Uma primeira dica importante que todo mundo deve cumprir para conseguir sacar o Pis e assim ter um dinheiro extra em seu orçamento é conseguir separar todos os documentos que são requisitados para executar essa ação.

Assim, quando você chegar a uma agência da Caixa Econômica Federal, não correrá o risco de não ter o seu PIS liberado pelo calendário pis 2018. Por isso, sempre leve com você um documento original com foto, seja seu RG, sua carteira de motorista ou outro de sua preferência.

Além disso, é importante também apresentar a sua carteira de trabalho e o seu cartão cidadão, com esses três documentos em mãos, você estará liberado para sacar o Pis.

Ficar atento nas datas do saque

Outro importante ponto sobre o PIS que você deve ficar atento é quanto a sua data de recolhimento, já que ela varia conforme o número final do cartão cidadão de cada pessoa. Por isso, fique sempre de olho no calendário elaborado pelo Governo Federal, em conjunto com a Secretária da Fazenda, para saber quando você deve recolher esse benefício.

É importante sempre manter essa data em mente, pois caso você perca esse prazo, poderá perder direito a sua parcela do Pis, fazendo com que esse dinheiro volte para a União e você não consiga mais resgatá-lo.

Cobre da sua empresa a informação dos dados necessários

Uma última dica importante para você garantir esse dinheiro extra dado pelo Governo Federal é cobrar da sua empresa o correto preenchimento de uma ficha exigida pelo Governo para liberar esse pagamento.

Esse cadastro conhecido como Número de Identificação Social (NIS) é obrigatório de ser preenchido pela companhia que você trabalha em até 30 dias antes da liberação do calendário do PIS 2018. Caso isso não seja feito, você perde o direito a esse benefício, fazendo com que ele seja recolhido.

Por isso é essencial ficar no pé do seu chefe e do departamento de RH para que todo esse preenchimento seja feito na data correta e você não corra o risco de ficar sem o PIS, por um erro que não foi seu.

Como Justificar o Voto?

Você confirmou que não estará em seu domicílio eleitoral no dia das eleições e precisa aprender Como Justificar o Voto. Pois saiba que é bem simples, você precisará ter em mãos o requerimento de justificativa, que estará disponível no dia das eleições. Aprenda aqui como justificar o voto e fique sempre em dia com a Justiça Eleitoral.

Votação 2018

Votação 2018

São milhares de eleitores em todo país, por isso é impossível que todos eles votem no dia marcado. Muitos têm compromissos fora de seu local de votação e outros buscaram compromissos para não serem obrigados a participar das eleições 2018, mas, quem deve julgar a justificativa é a Justiça Eleitoral, nós estamos aqui para ajudar você.

Quais são as datas das eleições 2018?

As eleições ocorrem dos dias 2 de outubro de 2018, e para as disputas em segundo turno, no dia 30 de outubro será o último dia das disputas.

Lembrando que nas eleições 2018 os cargos disputados são os de presidente, governadores, senadores e deputados federais. Para quem não vai puder comparecer ao seu local de votação nas datas estipuladas, entre as 8 h e 17 horas, o jeito é justificar.

A justificativa do primeiro turno não será válida para o segundo turno, e nem o inverso.

Posso justificar o voto do exterior?

Não. A justificativa só poderá ser feita aqui no Brasil. O prazo para quem estiver fora é de 60 dias após as eleições ou 30 dias após o retorno ao Brasil. Um detalhe importante, os eleitores que estiverem no exterior durante as eleições 2018, não são obrigados a justificar.

A obrigatoriedade é apenas para as eleições que elegem os candidatos a presidência e a vice-presidência. Nesses casos, caso não justifique o eleitor ficará com a pendência eleitoral.

Qual a multa e as implicações por não justificar?

Você tem até 60 dias após o pleito para justificar o voto, caso o procedimento não seja realizado você fica sujeito a multa e débitos eleitorais.
A multa por não justificar é de R$ 3,51, podendo ser aumentada em até dez vezes, de acordo com a decisão judicial.

Caso não justifique você não poderá se inscrever em concursos, receber remuneração de empregos públicos, obter empréstimos, passaportes e carteiras de identidade, até que você quite os débitos eleitorais.

Como justificar o voto?

Para justificar será preciso preencher o formulário de Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE). No dia da votação compareça aos postos de atendimento do eleitor, cartório eleitoral ou acesse o site do Tribunal Superior Eleitoral.

Os documentos para a justificativa são o título de eleitor e um documento oficial com foto.

Caso não compareça no dia das eleições você tem um prazo de 60 dias para ir até um posto de atendimento ao eleitor, ou enviar por via postal ao Juiz da Zona Eleitoral.

Clique aqui para obter o Requerimento de Justificativa Eleitoral.

Para mais informações sobre como justificar o voto: www.tse.jus.br

Seguro desemprego terá liberação automática em 2018

É sempre importante ter o auxílio da tecnologia para tornar os processos mais rápidos e eficazes, já que vivemos com presa, em qualquer tipo de situação e ter a tecnologia ao nosso lado torna as ações mais fáceis de serem realizadas.

Fila de Emprego

Fila de Emprego

Por isso, a partir de 2018, o seguro desemprego terá uma liberação automática, com um sistema de cadastramento todo digital, tendo dois claros benefícios. O primeiro para o Governo, que economiza muito na mão de obra, ao tornar esse processo digital e o segundo para o próprio cidadão, que vai passar a ter essa renda de forma mais rápida e direta.

Como funciona essa liberação automática

Para agilizar todo esse processo do seguro desemprego 2018, o qual, poderia demorar semanas para sair uma decisão, o governo resolveu mudar o sistema. A partir de 2018, a própria empresa irá mandar para o Governo Federal que demitiu o seu trabalhador e também os dados dessa pessoa.

Assim, o Governo irá analisar esses dados e também todo o processo de como aconteceu, para decidir se esse trabalhador tem direito a receber esse auxilio. Isso é importante, já que uma pessoa demitida não tem muito tempo para ficar sem receber uma ajuda financeira e todo o dinheiro é muito bem-vindo.

Com esse novo método, o Governo estimula que em apenas 4 dias depois que a pessoa for demitida, ela já terá uma resposta e o seu seguro desemprego pago, para as pessoas que estão habilitadas a receber essa ajuda.

Com isso, não será preciso perder horas na fila do Poupatempo e nem juntar muitos documentos para dar entrada a esse pedido, tudo será feito pela própria empresa e você apenas será notificado sobre esse benefício.

Atualmente, além da questão do Poupatempo, o trabalhador também perde muito tempo para agendar o seguro desemprego Ministério de Trabalho e Emprego e ter a chance de demostrar ao Governo que ele está apto a receber esse benefício, o que pode demorar até dois meses ao todo.

Combate de fraudes

O Governo Federal, por meio do Ministro de Trabalho, Ronaldo Nogueira, também fala que esse novo método vai evitar uma série de fraudes no seguro desemprego que vinha acontecendo nos últimos meses, poupando até 130 milhões de reais dos cofres do Governo sem essas fraudes.

Além disso, esse combate às fraudes vai permitir com que um número muito maior de pessoas possa ter acesso a esse sistema de Seguro Desemprego, fazendo com que o desemprego que assola o país, com mais de 13 milhões de pessoas desempregadas, possa ser amenizado de alguma forma, com essa bolsa e a garantia de 800 reais ao mês, pelo período de três meses.

Apenas no ano de 2017, mais de sete milhões de pessoas receberam o benefício por até cinco meses, mostrando a importância que esse programa tem dentro da sociedade e também em um tempo de crise como esse que o país atravessa nesse ano.

Inscrições de programas Educacionais abertas

Já ouviu falar no PRONATEC 2018? Primeiramente este tem o nome de Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego que foi criado em 2011 pelo Governo Federal e tem como objetivo de ampliar a oferta de cursos profissionalizantes e tecnológica. Confira como você pode fazer a inscrição no Pronatec 2018. Mas talvez você procure algo diferente, como um estágio, ou qualificação profissional, você precisa então se candidatar à uma vaga de estágio do Jovem Aprendiz 2018, que oferece vagas e oportunidades para a profissionalização do jovem.

Inscrições para programas sociais

Inscrições para programas sociais

O principal objetivo do PRONATEC é expandir a oferta e acesso aos cursos profissional técnico e nível médio e cursos de formação inicial de qualificação profissional presencial e a distância; também aumentar as oportunidades educacionais aos trabalhadores com cursos de formação inicial, continuada e qualificada profissional e também, desta forma, melhorar a qualidade do ensino superior.

Entre os cursos oferecidos pelo PRONATEC 2018 nesta área de turismo estão: agende de informações turísticas, auxiliar de cozinha, Bartender, Barista, Churrasqueiro, copeiro, ajudante de padeiro, mensageiro meio de hospedagem, recepcionista de eventos, sommelier, sushiman, entre outros. Como se vê, os cursos são desde funções mais simples, como mais requintadas para profissionalizar e ao mesmo tempo aperfeiçoar o segmento turismo no Brasil.

O PRONATEC 2018 envolve não só acesso aos cursos profissionalizantes, como também outras iniciativas que em suma beneficiam o ensino público brasileiro. Entre estas iniciativas estão: expansão da rede federal de educação que tem mais de 350 unidades em funcionamento no país e que oferecem cursos de formação inicial. Uma das principais iniciativas do PRONATEC atualmente é o chamado Programa Brasil Profissionalizado, criado principalmente para a ocasião o aniversário da parceria Pronatec Senac, mas criado previamente para ampliar a oferta e ao fortalecimento da educação que trazem principalmente iniciativas de cursos profissionalizantes para a área de turismo que terá uma grande demanda agora em 2018 em razão da copa do mundo no Brasil. Para quem quer se profissionalizar nesta área, a Pronatec oferece inclusive cursos gratuitos na área de turismo.

Entre outras iniciativas do Jovem Aprendiz 2018 para aperfeiçoar o ensino no Brasil estão: o acordo de gratuidade com os serviços nacionais de aprendizagem (O SESI, SESC, SENAI e SENAC) destinados a candidatos de baixa renda; FIES Técnico e Empresa, com o objetivo de financiar a qualificação profissional para estudantes e trabalhadores; e bolsa-formação que são oferecidos gratuitamente cursos técnicos para quem concluiu ensino médio e estudantes matriculados no ensino médio.

No site do PRONATEC é possível consultar informações sobre o sistema e os cursos gratuitos oferecidos atualmente. Os cursos do Pronatec 2018 oferecidos são divididos em áreas como os técnicos para quem concluiu o ensino médio, técnico para quem está matriculado no ensino médio e formação continuada. Também é possível pesquisar no site os cursos por municípios, entre outras formas de pesquisas e informações sobre o programa. Consulte mais sobre as inscrições 2018 do Pronatec em pronatec.mec.gov.br.

Salário Mínimo poderá ter Reajuste Fraudulento

Recentemente o novo ministro da fazenda do governo federal anunciou que não quer mudar em curto prazo as regras para o salário mínimo de 2018. Isso significa na prática que o salário mínimo estará por mais tempo atrelado a inflação. Isso é muito ruim para empresários, pois a inflação é muito alta nos dias de hoje, o que significa que os aumentos salariais também precisam ser substanciais.

Aumento do salario minimo

Aumento do salario minimo – confira o que diz o novo ministro

Importância do aumento salarial

O novo ministro da fazenda também destacou que além do aumento do salário mínimo de 2018, uma das primeiras mudanças de seu mantado será para alterar a tabla do INSS para reduzir o rombo da previdência social, que somente nesse ano chegou a 70 bilhões de reais. Esse resultado negativo é marca predominante da falta de planejamento das contas da atual gestão do federal, que não tem responsabilidade o suficiente para manter suas dívidas em foco.

O valor do aumento do salário mínimo 2018 será de R$ 85,00 nesse ano, diferentemente dos R$ 77,00 no ano que tinham sido divulgados no mês de agosto. Esse aumento maior do que o que tinha sido anteriormente divulgado foi resultado do desempenho ruim da economia que vai fechar o ano com uma inflação acumulada de mais de 11% em 2015. Essa inflação é o aumento dos preços dos produtos da cesta básica nos supermercados, e precisa ser refletida nos salários dos trabalhadores, pois caso contrário, em poucos meses esses não serão mais capazes de pagar as suas contas em dia, nem de comprar a alimentação necessária.

Se você recebe um salário mínimo, ou se os seus rendimentos estejam atrelados ao valor do mínimo, como é o caso de aposentados, pode ser uma boa ideia que você possa ter o salário reajustado de acordo com a inflação, para evitar que a tabela do INSS 2018 da Previdência fique defasada no seu caso.

Wordpress