É sempre importante ter o auxílio da tecnologia para tornar os processos mais rápidos e eficazes, já que vivemos com presa, em qualquer tipo de situação e ter a tecnologia ao nosso lado torna as ações mais fáceis de serem realizadas.

Fila de Emprego

Fila de Emprego

Por isso, a partir de 2018, o seguro desemprego terá uma liberação automática, com um sistema de cadastramento todo digital, tendo dois claros benefícios. O primeiro para o Governo, que economiza muito na mão de obra, ao tornar esse processo digital e o segundo para o próprio cidadão, que vai passar a ter essa renda de forma mais rápida e direta.

Como funciona essa liberação automática

Para agilizar todo esse processo do seguro desemprego 2018, o qual, poderia demorar semanas para sair uma decisão, o governo resolveu mudar o sistema. A partir de 2018, a própria empresa irá mandar para o Governo Federal que demitiu o seu trabalhador e também os dados dessa pessoa.

Assim, o Governo irá analisar esses dados e também todo o processo de como aconteceu, para decidir se esse trabalhador tem direito a receber esse auxilio. Isso é importante, já que uma pessoa demitida não tem muito tempo para ficar sem receber uma ajuda financeira e todo o dinheiro é muito bem-vindo.

Com esse novo método, o Governo estimula que em apenas 4 dias depois que a pessoa for demitida, ela já terá uma resposta e o seu seguro desemprego pago, para as pessoas que estão habilitadas a receber essa ajuda.

Com isso, não será preciso perder horas na fila do Poupatempo e nem juntar muitos documentos para dar entrada a esse pedido, tudo será feito pela própria empresa e você apenas será notificado sobre esse benefício.

Atualmente, além da questão do Poupatempo, o trabalhador também perde muito tempo para agendar o seguro desemprego Ministério de Trabalho e Emprego e ter a chance de demostrar ao Governo que ele está apto a receber esse benefício, o que pode demorar até dois meses ao todo.

Combate de fraudes

O Governo Federal, por meio do Ministro de Trabalho, Ronaldo Nogueira, também fala que esse novo método vai evitar uma série de fraudes no seguro desemprego que vinha acontecendo nos últimos meses, poupando até 130 milhões de reais dos cofres do Governo sem essas fraudes.

Além disso, esse combate às fraudes vai permitir com que um número muito maior de pessoas possa ter acesso a esse sistema de Seguro Desemprego, fazendo com que o desemprego que assola o país, com mais de 13 milhões de pessoas desempregadas, possa ser amenizado de alguma forma, com essa bolsa e a garantia de 800 reais ao mês, pelo período de três meses.

Apenas no ano de 2017, mais de sete milhões de pessoas receberam o benefício por até cinco meses, mostrando a importância que esse programa tem dentro da sociedade e também em um tempo de crise como esse que o país atravessa nesse ano.